Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Crise de inspiração

Ah, depois de uma crise de inspiração, ou de desinspiração, já sei sobre o que vamos conversar... mais logo, porque agora tenho consultas.

O tema é...

"As mulheres gostam dos malandros!"

Aproveito para pedir aos meus queridos amigos e leitores, que sugiram temas para que este espaço seja mais dinâmico. Na medida em que eu puder vou escrevendo, pode ser? Venham de lá essas sugestões!

Agradecida 

sinto-me: sempre com pressa!
publicado por esferafeminina às 17:22

link do post | comentar | favorito
27 comentários:
De mzefilipe a 3 de Abril de 2008 às 14:06
gostaria que falasse da perda. já uma vez escreveu "para mim"e por isso mesmo tive uma consulta consigo que me ajudou bastante.sei que nada nos pertence e tudo é emprestado , sei que a alma está só do outro lado do fio-mas avida é dificil de se compreender! um beijo mto amigo M.ZÉ
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:44
Bom tema... dificil mas bom.
Aceito a sugestão e o desafio.
Obg
De mzefilipe a 9 de Abril de 2008 às 23:49
fico á espera que o tema aparece tem toda a capacidade pare fazer um bom trabalho sobre o tema que lhe indiquei. todos nós neste mundo cão já passamos por situaçoes muito dificeis e com a sua ajuda e talento irá com toda a certeza ajudar muita gente(tal como me ajudou a mim)de uma maneira geral as pessoas t~em medo de falar sobre a perda -mas se pensarmos que só o corpo morre e toda aenergia espiritual permanece ...
De João Frederico L.R.da Costa a 3 de Abril de 2008 às 19:56
Bom dia Vera!
No seguimento do teu pedido de sugestões, aqui segue a minha; Nadar contra a corrente.
Vivemos numa sociedade em que os valores andam completamente deturpados.!
Caminhamos a passos largos para um abismo, aonde os frutos de uma má gerência do nosso planeta, começam a despontar. No relatório da Org WWF do ano passado, diz que consumimos 2 vezes 1/2 mais que aquilo que o planeta pode suportar, é óbvio que esse é um dos motivos pela qual existe tanta miséria. É óbvio, também, de que alguma coisa tem que ser feita.
Quem desenvolve trabalhos no apoio ao desenvolvimento, no combate á pobreza, e no controlo epidémico, nesses países pobres e subdesenvolvidos, como foi o meu caso, quando retorna á dita civilização e depara com o ritmo infernal que é imposto, na maioria dos casos acaba por ter grandes dificuldades em engrenar, em aceitar voltar a enfiar a cabeça na areia.
A questão é, aonde ir buscar energias que permitam a continuação desse esforço.
Por vezes, e de uma forma mágica lá consigo encontrar o botão que me faz entrar em contacto, e canalizar essa força que vem de dentro, e que inspira, mas é algo de que não tenho absolutamente nenhum controlo. Será que para nos voltarmos a organizar, o caos terá que se instalar?
Fred
De Ana Claudia Alves a 4 de Abril de 2008 às 12:25
na minha humilde opinião o caos já está instalado...faz muito tempo, aliás. para mudar o mundo era preciso mudar a educação..toda!!! e incluir nela uma forte orientação ambientalista e espiritualista (sem dogmas) e artística (sem imposições a partir de certa idade). o restante é palha que comemos para esquecer mais tarde! :P
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:50
Frederico, que surpresa!
Grande questão e complexa também.
A nossa experiência de África, de facto, deu-nos uma perspectiva maior, já que convivemos de perto com a miséria. Nao que nao a haja aqui em Portugal, mas lá é tão óbvia que está pra lá de escandalosa, é gritante.
Aceite a sugestão!
Obrigada Amigo.

De jfred a 16 de Abril de 2008 às 10:04
Eu acho que a Vera é uma fonte inspiradora!
As resposta já nós sabemos. Elas estão bem dentro dos nossos corações, envovidas em gelo ou em pedra, mas lá. Eu diria que estou com o "virus da gripe " e que vou contaminar o ar com "ele"!
Um abraço para si Vera, e continue o bom trabalho.
Fred
De Ana Claudia Alves a 4 de Abril de 2008 às 12:28
Desculpe Vera mas acho que não. As mulheres gostam de quem as trata bem... tal como os homens. E depois há os malandros e as malandras que enganam bem...e que às vezes até nem são más pessoas, simplesmente têm os motivos deles para ser assim (justificáveis ou não depende de quem aprecia)..
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:51
é a sua opinião e a sua experiência, Ana Alves. Ainda bem que pensa assim : )
De SONIA PEDRO a 4 de Abril de 2008 às 12:40
É fantástico como temos pontos de incrível semelhança e todavia encontrámos respostas completamente díspares... passo a explicar. Também eu desde sempre procurei, melhor, anseei as respostas que me descomplicassem o mundo que vivemos (qualquer coisa como a fórmula matemática, a essência quimica - tipo matrix). Mas o que mais me doía era a incapacidade de descobrir como existe o Universo (de modo que cheguei a pensar que somos apenas um sonho de alguém demasiado materializado)... a sua infinitude... a sua existência no vazio...
Como a religião instituida não me conseguiu satisfazer nas respostas, conclui que só poderemos encontrar as respostas (sobre Deus afinal) nos homens... estudei Antropologia. Assim sendo, procurei na ciência as respostas que não encontrei na religião. Na verdade também não encontrei a resposta a essa pergunta (encontrei porém muitas outras perguntas e muitas outras respostas). Talvez tenha procurado no lugar errado. Ou talvez ainda não exista resposta para essa pergunta. Ou talvez não exista de todo...
Certo é que encontrei muitos« modos de fazer mundos»....
Espero ter encontrado dados novos para reflexão.
Obrigada.

Sónia
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:56
Olá Sónia,
esse tema, essa discussão é eterna... Um dia vamos ter essas respostas, mas para já eu acho que a nossa mente concreta nao chega lá. Quando chegarmos à Iluminação, que todos chegaremos, os Veus cairão e as respostas ser-nos-ão dadas. Por agora vamos indagando : )
De elsa viegas a 4 de Abril de 2008 às 23:15
boa noite vera,bem haja!
a primeira coisa k faço antes de chegar ao emprego é ler o k escreve no jornal"metro",diariamente.
é um balsamo para mim.obrigado !
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:56
Obrigada Elsa Viegas
Volte sempre!
De Sof a 5 de Abril de 2008 às 01:37
Olá,

Ui ui... aqui está um tema que dá pano para mangas. Acho que conseguiria falar dele imenso tempo e provavelmente sem tirar conclusão nenhuma. Mas filosofando, cá vai a minha opinião.
Eu confesso-me atraida por "malandros", que de inicio nem sei que o são, mas acabo por descobrir sempre mais um. Costumo brincar com uma amiga, que precisamos, definitivamente, de apurar o nosso "farejador"... Agora porque somos atraídas? Porque o homem "malandro" talvez seja mais misterioso, traz-nos desafio, porque não entrega logo os pontos...

Um beijo enorme Vera e continua com o excelente trabalho
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 22:59
Sim, pode ser isso, o desafio...
Eu confesso que nao entendo.
Obrigada pela sua partilha.
De tatabatata a 5 de Abril de 2008 às 11:35
Olá Vera,
Tal como diz mzefilipe tambem gostaria que falasse sobre a " perda", essa dor imensa e imcompreensivel que é a perda de alguém que saiu de nós e que tanto amamos e parte cedo demais deixando-nos num caos sem uma luz ao fundo do túnel.
Obrigada
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 23:00
Dos pontos para a perda!
Apomtado.
Obrigada tatabatata
De sniqper a 5 de Abril de 2008 às 22:03
Olá Vera,
Essa foi uma boa malandrice, uma pergunta daquelas que nos deixa panos para mangas, se pensarmos na diversidade comportamental do ser humano. Como tal direi que existem as que gostam muito, as que gostam de vez em quando e as que dizem que não gostam por respeito ao código social. No fundo também exige uma análise ao que se pode entender por "malandro", ou seja vamos deixar-nos de malandrices, as tais que em nada adiantam porque são como a mentira, uma traz a outra e torna-se uma praga infinita. Mas também temos de pensar uma coisita, será que os homens gostam de mulheres malandras? Ou para acabar com tanta malandrice, o que será que se pode aplicar a esta definição, fica aqui o desafio para a Vera e para todos os leitores, definam malandro e/ou malandrice.
Quanto a temas Vera, simplesmente posso sugerir que continue como até agora, deixe fluir o que lhe vai na alma, escreva quando tempo lhe permitir, mas jamais deixe de partilhar a sua imensa luz e paz.
Beijitos
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 23:07

E há também as mulheres que nao gostam dos malandros . Os homens nao malandros " nao sao os toinos ! Um Homem pode ser estimulante física e intelectualmente e ser bem formado moralmente. É isto que eu quero dizer. Ninguém gosta de gente amorfa!

Sim, eu acho que os homens gostam de mulheres malandras , mas nao casam com elas
Há homens que gostam de mulheres que dêem luta, mas em casa deve ficar a oficial, que deve ser mais dócil. Eheheh É claro que isto não é linearmente assim, mas...
De manuela reynolds a 6 de Abril de 2008 às 09:11
Olá Vera!
Pois é! De facto os "malandros" dão mais nas vistas não é?
A Vida é como que um teatro em que vão sobressaindo os melhores actores....
Em regra os muito "certinhos" são ditos de alguma falta de personalidade, não agem de forma certa no momento certo?!
Um bom "malandro" em regra tem esse dom.... que fascina penso eu, mais as mulheres, pelo menos até uma certa idade, ahahahaah !!!
Já agora uma proposta de tema: porque é que os homens não gostam assim tanto de mulheres muito inteligentes e ficam até assustados?
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá Vera! <BR>Pois é! De facto os "malandros" dão mais nas vistas não é? <BR>A Vida é como que um teatro em que vão sobressaindo os melhores actores.... <BR>Em regra os muito "certinhos" são ditos de alguma falta de personalidade, não agem de forma certa no momento certo?! <BR>Um bom "malandro" em regra tem esse dom.... que fascina penso eu, mais as mulheres, pelo menos até uma certa idade, ahahahaah !!! <BR>Já agora uma proposta de tema: porque é que os homens não gostam assim tanto de mulheres muito inteligentes e ficam até assustados? <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Ciberturista</A>
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 23:11
Ah essa é fácil, Manuela Reynolds! Porque as mulheres inteligentes dão muito mais trabalho!
E se forem independentes entao, são do género... monstrinhos!
De telmita a 6 de Abril de 2008 às 12:59
olá vera, tudo bem? :)
Que aconteceu ás suas previsões mensais? :(

Em relação 'as mulheres gostarem dos malandros', tem graça que ainda esta semana um amigo se queixava que não tinha sorte nenhuma com as mulheres, porque elas preferem os sacanas. E depois pedi-lhe que explica-se melhor e ele justificou que as mulheres gostam de 'joguinhos' e de serem desprezas no inicio, que é importante dar luta para elas terem interesse.
Bom... eu fiquei boqueaberta e disse-lhe que não se preocupa-se com isso no inicio de uma relação, mas sim talvez a meio, caso pareça que as coisas estão mais aborrecidas. Mesmo assim, joguinhos não deviam fazer parte de nenhuma relação, há tanta coisa para se sair da rotina.

Beijinhos a todos, muita força e calma.

'Do not fear, do not fight' Gandhi
De esferafeminina a 9 de Abril de 2008 às 23:14
Gostam as mulheres e gostam os homens, Telmita. O pessoal anda meio maluco, porque o que se vê mais são casais a mal-tratarem-se, a humilharem-se... é mt triste... Há pessoas que nao sabem viver em paz. Mas mais sério, é a enorme falta de respeito uns pelos outros! No fundo resume-se a falta de educação...

Comentar post

Quem sou eu

Desde sempre procurei respostas para as discrepâncias sociais e outras, existentes no mundo. Ainda continuo à procura, apesar de já ter uma vaguíssima ideia do que pode estar por detrás das aparentes desigualdades. Os Deuses não são injustos, o Universo tem uma Ordem que está para além do nosso entendimento. Tudo tem um sentido Maior. Os Deuses esperam-nos.

Acerca de mim

Vera Xavier
Taróloga desde 2002, trabalha como Terapeuta de Desenvolvimento Pessoal, Reiki, Cura Quântica e Leitura da Alma. Ministra cursos de Meditação, Tarot e Reiki Magnificado.

Consultas & Cursos

Consultas de Tarot e Desenvolvimento Pessoal
Terapias de Reiki e Cura Quântica
Cursos de Reiki Magnificado e de Meditação (mensais) Rua Tomás Ribeiro, 45 - 7º, esquina com A. Fontes Pereira de Melo, Lumiar, Lisboa geral@veraxavier.pt Telefones: 931168496 www.veraxavier.com Vera Xavier

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blogue

 

Agenda de Cursos e outros Eventos

* Curso de Tarot (Lisboa)- 25 de setembro

* Curso de Tarot (Porto) - 27 de outubro

* Reiki Magnificado - 10 de novembro

* Reiki Magnificado II - Data a anunciar

* Workshop de Meditação 3 de novembro

Telm 931168496

veraxavier@veraxavier.com

Terapeutas Amigos

Cândida Loureiro - Terapia Quântica - SCIO
Contacto: 962 460 200

* São Figueiredo - Mestre de Reiki e Cura Quântica, Limpezas Energéticas e Alinhamento de Chakras, Telef: 919192918

Recomendo: Cursos

Nova Acropole
Curso de Filosofia do Oriente ao Ocidente A Sabedoria Viva das Antigas Civilizações, em www.nova-acropole.pt

´ Centro Lusitano
O esoterismo de Fernando Pessoa
www.centrolusitano.org

Arquivos do blogue

Março 2015

Setembro 2012

Agosto 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

blogs SAPO

subscrever feeds