Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

É Natal!

É Natal novamente!

É tempo de alegria e de… compras.

É estranho que no Natal não se ouça falar naquilo que é a essência do Natal! O Menino Jesus, o nascimento de um dos mais importantes Seres que passaram por este planeta; um dos Mestres mais excelsos que conhecemos. Será que Ele foi totalmente esquecido?

Porque é que só se ouve falar do Pai Natal? Quem é o Pai Natal? Porque é que só se ouvem frase como: “Que o Pai Natal seja generoso contigo e te traga muitas coisinhas!” Claro que estas coisinhas são materialidades, futilidades que em 3 dias já não damos o mínimo de valor. Será que alguém, à meia-noite de dia 24 de Dezembro, se lembra que o que se comemora é um nascimento tão especial? Divino, mesmo!

Estamos cada vez mais envolvidos na matéria, no consumismo, na compra de afecto. Há quem se angustie porque não tem dinheiro para comprar presentes, mas, muitas vezes, os melhores presentes são aqueles que são feitos pelas nossas mãos onde usamos a nossa criatividade. Sim, é uma época de demonstração de Amor, de generosidade, de perdão, mas estas coisas não se podem – ou não se devem - comprar.

Se não há condições financeiras de se oferecer presentes caros, há carinho, há gestos, há a simples presença. E se isso não for aceite por aqueles que nos cercam, então algo está muito errado!

Há dias ouvi duas mães que comentavam que os filhos já tinham feito a lista de presentes! Lista de presentes?! Mas não é suposto haver o facto “surpresa” na noite de Natal? Mais do que isso; será que os pais transmitem aos filhos o que é de facto o Natal? Quem foi e quem é Jesus, e qual a mensagem Dele? Ou será que deixam isso para os professores e catequistas? Mas não é esse o nosso papel enquanto pais e educadores?

O Natal é muito mais do que expressar sentimentos e gratidão através de descalabros financeiros. O Natal deveria ser uma época de calmaria, de introspecção, de profundo mergulho no nosso Ser e no Divino. Fazemos tudo menos isso. Damos importância a tudo menos a isso…

Mas eu sei que este ano vai ser especial. Eu sei que vai fazer a alegria da casa e esquecer as diferenças! Eu sei que vai surpreender todos com a sua postura descontraída e sabe porquê? Porque você e a sua família merecem.

Quero aproveitar – já que me sinto tão natalícia e emocional - para agradecer todas as mensagens, todos os email que tenho recebido ao longo destes 3 anos de SAPO. Cada mensagem, cada palavra de ânimo e motivação são os motores que me movem quando a inspiração me falha. Obrigada por todo o apoio! Obrigada por me fazer sentir tão realizada e plena. Cada vez mais tenho a certeza de que estou no caminho certo.

MUITO E MUITO OBRIGADA!

Desejo-lhe um FELIZ NATAL cheio de serenidade ou alegre bagunça e muito Amor. Por favor sorria sempre!

“… Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como bronze que ressoa ou como címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom da profecia e conheça todos os mistérios e toda a ciência, ainda que eu possua a plenitude da fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver Amor, nada sou.” Livros dos Coríntios

sinto-me: Com o coração cheio de Amor!
publicado por esferafeminina às 20:55

link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Luzinha a 25 de Dezembro de 2007 às 22:44
Olá Vera! FELIZ NATAL!
Já foram tds embora... a sala já está vazia e arrumada...!
Posso dizer que foi um Natal "materialmente" Feliz! A festa correu bem e as pessoas pareciam alegres!
Em termos emocionais foi um torbilhão de sentimentos!
Faz-me confusão essa coisa de "lista de prendas dos miudos e...tb graudos", porque gosto de fazer surpresas e para isso basta estar atento a quem queremos presentear. Todavia, por vezes isso não corre mt bem e, a dita "lista" acaba por impor-se ou ter mais valor do que a nossa atitude de "dar o que queremos e porque gostamos". Enfim... isso deixa-me triste, porque, inevitávelmente pergunto-me: que principios, valores e até mesmo, que educação recebem as nossas crianças?!
Por motivos pessoais, e não de saúde, tive que passar num hospital, na noite de 24 e, na saida passei por uma pessoa que dizia ao telefone: "(...) mal olhou para mim... disse-lhe que trazia o prato favorito e não quis comer, mal tocou na sopa...(...)". Fiquei a pensar naquelas palavras e no tom como foram proferidas... Inevitávelmente caí na realidade e é obvio que a minha alegria e espírito natalício entraram em contraste com aquela situação, como tantas outras do dia a dia que tentamos não lembrar e, fiquei um pouco angustiada por não partilharmos todos dos mesmos sentimentos(eu sou um "pouco" utópica).lol
Esta é efectivamente uma época de grandes contrastes!!
É certo que, muito provávelmente, às 24h do dia 24 de Dezembro, muito poucas pessoas se lembraram do que se comemora nessa data, dedicam-se mais a saborear os "petiscos" e o feriado.
Acho que, por esse mundo fora, os pensamentos mais comuns seriam: "Meninos, vamos chamar o Pai Natal?" ou "Onde estão as minhas prendas?" ou " Sinceramente, só isto?" ou ainda
"Comprar prendas e jantares de familia? Eu? Com esse dinheiro comprei esta magnifica viagem. Estou sozinho mas a viajar."
Está, sem dúvida, na altura de mudar!
Se não houver mais Amor, Caridade, Altruismo e, se não tivermos Fé, não podemos construir algo melhor.
Isto tudo não depende nem de um governo, nem tão pouco de um pastor de uma religião, isto está nas nossas mãos e pode começar nas nossas casas.
Reza a História que há cerca de 2007 anos, foi-nos dado um Grande Exemplo de como um ser humano pode melhorar. Quer acreditemos ou não em qualquer religião, o certo é que todas as elas têm como base principios válidos de Amor e União. Precisamos apenas de direccionar as nossas vidas nesses ensinamentos.
Precisamos apenas de abrir o nosso pensamento, o nosso coração e, aceitar a preciosa ajuda de palavras sábias e amigas de pessoas como voçê, a nossa Amiga Vera!
Gostei muito das minhas prendas mas, gostei ainda mais de algumas atitudes e palavras, que algumas pessoas da minha Familia e Amigos tiveram para comigo.
Permita-me receber a sua mensagem, em plena Noite de Natal, como uma prenda, que apela à introspecção e mudança, que são tão necessárias.
Obrigada por me fazer pensar e descobrir que tenho ainda muito para dar.
Obrigada pelo Altruismo, Atenção e Carinho com que, acredito, escreveu estas palavras.
Desculpe o alongar do pensamento mas ... inspirei-me e fez-me muito bem!eheh
(ou melhor) ohohoh
FELIZ NATAL!!
Beijos grandes
Luzinha
De esferafeminina a 28 de Dezembro de 2007 às 13:35
Olá Luzinha,
que lindo texto! muito obrigada!
Esta é a sua prendinha para mim : )
Sim, tudo o que diz é tão verdade, mas como nao conseguimos mudar os outros - será que temos esse direito? - ou o mundo, melhoremo-nos a nós mesmos, né? Há sempre trabalho a fazer... gande trabalheira!
Mta Luz
De Black Cat a 26 de Dezembro de 2007 às 10:49
Vera, ainda que com algum atraso, faço votos de Boas Festas! Eu, como tenho sangue espanhol, tenho 'fiesta' até ao Dia de Reis. ;-)

Na semana passada escrevi um post justamente sobre o consumismo e as 'famosas' lista de prendas - o Natal deixou de ser espiritual e passou a ser material, e o Menino Jesus foi remetido para segundo plano, o Nicolau deve ter um melhor agente! (desculpe a ironia…)

As pessoas de quem eu gosto são presenteadas durante o ano todo, pelo que nesta altura junto com os meus votos apelo à solidariedade. Se não se importam, uma vez no ano (ou uma vez na vida!) lembrem-se de quem nada têm… será pedir muito? Eu sou solidária o ano todo (nomeadamente com crianças deficientes e animais abandonados), tenho as minhas causas no coração 365 dias por ano. Mas para aqueles que não são como eu, pelo menos no Natal… façam jus ao espírito da época!

Vera, desejo-lhe a si e aos seus, um 2008 cheio de paz (que tanta falta faz!) e amor (que nunca é demais!)!
De esferafeminina a 28 de Dezembro de 2007 às 12:29
Felices Fiestas black cat!
Obrigada por mais um bonito comentário que demonstra claramente que é um ser muito especial.
: D Volta sempre!
De sniqper a 27 de Dezembro de 2007 às 08:28
Olá Vera,
Belíssimo texto sobre o Natal, mais também não seria de esperar de uma pessoa que faz das suas palavras um instrumento de reflexão, que em cada frase por mais pequena que seja deixa sempre muito para pensarmos, por isso e por tudo o que ainda espero ler, afirmo sem receios e depois de uma profunda reflexão...
GOSTO DE TE LER
De esferafeminina a 28 de Dezembro de 2007 às 12:32
Olá sniqper, os seus comentários enchem-me de motivação!
OBRIGADA &
desejo-lhe o melhor ano da sua vida!
De Furacão a 27 de Dezembro de 2007 às 18:58
Natal, natalidade, nascimento, renascimento do Ser. É o meu sentido de Natal.
Já me cansa o burburinho da economia numa época como esta. Nós carneiros, bem falantes, fazemos isso. Falamos. Mas andamos no mesmo carreiro global. Mé mé mé Sinto-me perdido nesta confusão de luzes de festejo económico. Família ?! Onde andas?... Valores perdidos no jogo de interesses.
Apetece-me ser como Aquele que partiu tudo aos vendilhões do Templo.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Natal, natalidade, nascimento, renascimento do Ser. É o meu sentido de Natal. <BR>Já me cansa o burburinho da economia numa época como esta. Nós carneiros, bem falantes, fazemos isso. Falamos. Mas andamos no mesmo carreiro global. Mé mé mé Sinto-me perdido nesta confusão de luzes de festejo económico. Família ?! Onde andas?... Valores perdidos no jogo de interesses. <BR>Apetece-me ser como Aquele que partiu tudo aos vendilhões do Templo. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Balo</A> alto no meu interior. Mé mé mé Sou carneiro... tristemente igual a muitos. mé ..
De esferafeminina a 28 de Dezembro de 2007 às 12:36
Olá Furacão,
às vezes é preciso mesmo partir a louça. Às vezes é preciso zangarmo-nos... acho eu...
Lamento que tenha o seu coraçãozinho pesado, e espero que no próximo Natal isso já tenha mudado : )
Faça favor de se deixar apaixonar nem que seja pela vida.
Um abraço doce
Desejo-lhe um grande, GRANDE 2008!

De sniqper a 29 de Dezembro de 2007 às 14:39
Olá Vera,
Passando para te reler e desejar que o Ano de 2008 seja para Ti uma estrada percorrida com a Luz da Felicidade, essa que irradias pelas palavras que escreves, pelas reflexões que deixas, por tudo o que os teus textos nos deixam de Bom.
Um Feliz Ano de 2008.
Beijito
De Paulinha a 29 de Dezembro de 2007 às 20:27
Olá Vera!
Este ano como nao ía poder passar o Natal com a família do meu coracao, decidi que ia tentar dar mais de mim ao outro lado familiar. Resultado: as diferencas culturais passaram mais despercebidas, porque nao as valorizei, fiz do meu marido e da minha filha pessoas mais felizes nesses dias e ate eu me senti melhor a nao estar sempre a pensar com quem gostava de estar e nao estava. De regresso a casa senti-me como se me tivessem aspirado toda a e energia mas o mais importante é que acho que em geral valeu a pena. Talvez da próxima vez tenha so que aprender a me preservar um bocadinho mais.. só isso. No fundo o espírito de Natal é isto mesmo..abracar o Mundo com todas as suas diferencas. Este ano sei que fiz a diferenca...para mim própria!
Um beijinho
Paula
De esferafeminina a 3 de Janeiro de 2008 às 17:28
LINDA LINDA LINDA!
Esse desafio foi claramente superado, Paulinha!
Sim, o importante é que fez o que o seu coração mandou e viveu o momento o melhor que pôde.
Faça favor de se sentir orgulhosa : D
Um grande ano p si!
De Anónimo a 31 de Dezembro de 2007 às 09:20
O Albert Einstein é amigo. A Vera também. :)

Com muita força, Desejo a Toda a Gente do Mundo um Ano 2008 Cheio de Paz!!!! Porque se todo o mundo vive em Paz, vivemos com o coração cheio e facilmente alcançámos os nossos sonhos.

Vámos andar pra frente, pessoal! Vámos evoluir!!! 2008 vai ser melhor para todas as pessoas do mundo. Ñós estámos aqui é pra evoluir, não pra pensar nos erros do passado. Riam agora de tudo o que eu disse. Deêm agora grandes gargalhadas!!! Assim é que é viver!

Eu sei que esta mensagem muda sempre alguma coisa...

Cumprimentos.
De esferafeminina a 3 de Janeiro de 2008 às 17:32
Olá, obrigada pela sua energia.
Um grande ano!
De Luzinha a 31 de Dezembro de 2007 às 15:17
Olá Vera!

Hoje vou ser breve ! lol

Passei só para desejar um Feliz 2008 para si e para todos os que têm o prazer de a ler!

Aproveitem a vida, a passagem de ano é só mais um pretexto para libertar a alegria e a(o) festeira(o) que há em cada um de nós.

Beijos Grandes
Luzinha
De Joana a 2 de Janeiro de 2008 às 17:16
Vera,
Antes de mais espero que este NATAL tenha sido muito especial para si porque merece. Merece porque nos entrega com as suas palavras muita energia boa, muita esperança e muita paz. Mais uma vez, obrigado.
Venho ao seu espaço (blog) sempre que posso, as questões que levanta fazem-me bem, as respostas dos leitores são igualmente importantes - este é um espaço que gosto e me faz bem.
Permita-me utilizar o seu blog para defender o NATAL, é que estou cansada de ouvir tantas criticas ao NATAl e eu gosto muito deste período do ano. Todos à minha volta criticam o Natal. Parece moda criticar o Natal.
Eu confesso-me, adoro o Natal, as luzes, o presépio, a partilha, a troca de presentes, as reuniões familiares, os doces, agitação, as mensagens recebidas, os postais de Natal, a missa do galo, a lareira acesa, e tudo o mais associado a esta quadra. Também é verdade que esta época é propicia a gerar alguns conflitos porque é suposto a familia reunir-se, e nós somos tão complicados, porque é suposto trocar-se presentes, e mais uma vez complicamos tudo e trocar-se presentes também passou a ser complicadissimo , porque é suposto dar um pouco de atenção aos mais carentes e isso também muito complicado porque as nossas vidas são sempre complicadas para despender tempo com os outros...
E apesar de todos os anos o NATAl ser sempre um misto de emoções, onde em regra por qualquer motivo surge sempre qualquer conflito, ainda que meio disfarçado, eu adoro o NATAL.
Pelo menos eu sinto que durante este período do ano incentiva-nos a pensar na família, a pensar nos amigos, a pensar nos outros.
E só por isso vale a pena o NATAL.
FELIZ ANIVERSÁRIO JESUS.
(desculpem o testamento : ) )
De esferafeminina a 3 de Janeiro de 2008 às 17:40
Olá Joana, obrigada pela sua mensagem.
Se calhar eu nao transmiti mas, eu tb adoro o Natal! Adoro dar presentes e ver a alegria no rostos da minha familia e amigos, a preparação da ceia, o exagero de doces e a reuniao em si. Apesar dos pesares, acho que é uma epoca mt especial.
Um grande ano para si Joana, cheio de realizações!
De Ana Luisa a 4 de Janeiro de 2008 às 16:07
Olá Vera. Mais uma vez, gostei mt d seu artigo. Já não há a mágia do Natal e como diz e muito bem, prendas, prendas e prendas.Este ano pr mim, o Natal foi como queria.Jantar com os pais, ir para a minha casa, no quentinho, com a minha gatinha e ficar em paz,harmonia. Mas senti q podia fazer mais, ajudar os mais necessitados e vou fazer isso não só no Natal mas posso fazer no Ano todo. Sinto dentro de mim, essa necessidade.
Anne Lois

Comentar post

Quem sou eu

Desde sempre procurei respostas para as discrepâncias sociais e outras, existentes no mundo. Ainda continuo à procura, apesar de já ter uma vaguíssima ideia do que pode estar por detrás das aparentes desigualdades. Os Deuses não são injustos, o Universo tem uma Ordem que está para além do nosso entendimento. Tudo tem um sentido Maior. Os Deuses esperam-nos.

Acerca de mim

Vera Xavier
Taróloga desde 2002, trabalha como Terapeuta de Desenvolvimento Pessoal, Reiki, Cura Quântica e Leitura da Alma. Ministra cursos de Meditação, Tarot e Reiki Magnificado.

Consultas & Cursos

Consultas de Tarot e Desenvolvimento Pessoal
Terapias de Reiki e Cura Quântica
Cursos de Reiki Magnificado e de Meditação (mensais) Rua Tomás Ribeiro, 45 - 7º, esquina com A. Fontes Pereira de Melo, Lumiar, Lisboa geral@veraxavier.pt Telefones: 931168496 www.veraxavier.com Vera Xavier

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blogue

 

Agenda de Cursos e outros Eventos

* Curso de Tarot (Lisboa)- 25 de setembro

* Curso de Tarot (Porto) - 27 de outubro

* Reiki Magnificado - 10 de novembro

* Reiki Magnificado II - Data a anunciar

* Workshop de Meditação 3 de novembro

Telm 931168496

veraxavier@veraxavier.com

Terapeutas Amigos

Cândida Loureiro - Terapia Quântica - SCIO
Contacto: 962 460 200

* São Figueiredo - Mestre de Reiki e Cura Quântica, Limpezas Energéticas e Alinhamento de Chakras, Telef: 919192918

Recomendo: Cursos

Nova Acropole
Curso de Filosofia do Oriente ao Ocidente A Sabedoria Viva das Antigas Civilizações, em www.nova-acropole.pt

´ Centro Lusitano
O esoterismo de Fernando Pessoa
www.centrolusitano.org

Arquivos do blogue

Março 2015

Setembro 2012

Agosto 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

blogs SAPO

subscrever feeds