Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Ajahn Sumedho, o Venerável Pai de Amaravait vem a Portugal!

Estou feliz! O Ajahn Sumedho, aquele Monge Grande com quem falei e tentei obter respostas fáceis ; ) - vem a Portugal. A simplicidade com que ele diz as coisas é de tal forma que por vezes nem o entendemos. Isto porque a nossa mente está sempre à espera de discursos elaborados, o que faz com que o nosso sistema neurológico não entenda as simples verdades universais. Nós somos muito esquisitos!
 
Ah, esqueci-me de dizer que relativamente aos temas que levei para "trabalhar"; a compaixão e a crítica, só esta última acho que está mais ou menos... esclarecida no meu espírito. Nao que eu nao aceite criticas, nao é isso, a questão é que eu como boa virginiana que sou, às vezes tendo a querer ajudar demais e posso exceder o razoável. No meu trabalho essa "tentação" surge todos os dias, e mesmo sem dar conta, estou a dar demasiados conselhos... E esse nao deve ser o meu papel. Muita gente vem à procura de respostas fáceis tipo, sim ou nao, e nem sempre o Tarot responde assim! Porque simplesmente há muito mais do que branco e preto! O "quando", o "como", o "quem" maioritariamente depende da nossa vontade e disponibilidade. Parece simples mas muita gente nao aceita que tem uma coisa valiosíssima que se chama livre-arbitrio!
Ora bem, estávamos a falar do Venerável Pai... eheh como é que são as conversas? Ah como as cerejas  : D
Relativamente à compaixao... acho que ainda me falta qualquer coisa. Ainda nao se fez luz, mas eu chego lá!
 
Eu tenho uma foto do Ajahn Sumedho na minha câmara mas como nao encontro os cabos... Este senhor tem um dos sorrisos mais felizes que alguma vez vi! É lindo.
 
Ajahn Sumedho, monge budista Theravada, da Tradição da Floresta e fundador do Mosteiro Amaravati em Inglaterra, estará em Portugal entre 26 de Novembro a 4 de Dezembro de 2007.
O programa consta de duas Palestras em Lisboa: no dia 27 de Novembro às 19h00, na União Budista Portuguesa e no dia 29, às 18h00 na Fundação Oriente.

Coordenação: Maria Ferreira da Silva
e-mail: geral@fundacaomaitreya.com

Moradas:
União Budista Portuguesa: Calçada da Ajuda, 246, 1ºDto –Lisboa
Fundação Oriente: Rua do Salitre, 66 - Lisboa
 
publicado por esferafeminina às 11:47

link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Aeon a 17 de Novembro de 2007 às 20:11
Grande Homem. Por aqui precisa-se de um "guru" iluminado com muita paciência e sabedoria. Tantas perguntas :D
Tenho dúvidas em relação ao livre arbítrio. Penso que é preciso atingir um certo nível de evolução para se poder ser "livre" nas escolhas. Há coisas que parece que estão destinadas a acontecer. Erra-se, perdem-se oportunidades... but we can 't escape that , can we ?!
O Universo ajuda e muito :) Aquela frase: "Deus escreve direito por linhas tortas" é tão certa. Há uma "lição" em cada caminho... Muitas dessas "lições" são tão dificeis de aceitar. Mas acredito que são todas para nosso bem. E sim a verdade é simples.... ou não!
De esferafeminina a 19 de Novembro de 2007 às 12:59
Aeon, sim concordo consigo. É preciso ter algum grau de crescimento para se ter essa liberdade. Caso fossemos livrezinhos tentariamos escapar às situaçoes duras pq temos de passar.
Pois, simples paraece ser, fácil é que nao é de todo.
Vera
De patricia carolina a 18 de Novembro de 2007 às 12:24
bem, parece-me que hoje é um dia corajoso para mim, vou finalmente entrar em contacto consigo! sigo o seu trabalho de perto há uns "tempinhos", desde que tomei a fabulastica decidao de começar a crescer neste nosso mundinho!!! tenho a tendencia de vir cuscar o seu blogue, em busca de algo mais! e tenho sempre surpresas incriveis! parabens e obrigada! as suas palavras e a forma como as transmite em letras sao uma verdadeira inspiração! bjinhos energeticos e fique bem!
De esferafeminina a 19 de Novembro de 2007 às 13:01
Olá Patricia, entao cá a espero! Nao tenha medo que eu nao faço mt mal : )
Obrigada pelas suas palavras.
Mta Luz
Vera
De Débora Teixeira a 20 de Novembro de 2007 às 09:38
Olá Vera!

Por vezes questiono-me se realmente existem coincidências... ou apenas alguém comanda o nosso destino, sem nos pedir "permissão"....
Coincidência ou destino... não importa... o que é certo é que a "encontrei" por um acaso numas linhas de jornal ...e rapidamente me "apaixonei" pelas suas palavras!
A forma como escreve... como expõem o que pensa... é absolutamente arrebatadora...!!!

Parabéns!

Soube que esteve no Porto há uns tempos atrás... quando volta? :)
O Porto precisa de pessoas como a Vera...

Beijinhos e uma vez mais muitos parabéns !
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá Vera! <BR><BR>Por vezes questiono-me se realmente existem coincidências... ou apenas alguém comanda o nosso destino, sem nos pedir "permissão".... <BR>Coincidência ou destino... não importa... o que é certo é que a "encontrei" por um acaso numas linhas de jornal ...e rapidamente me "apaixonei" pelas suas palavras! <BR>A forma como escreve... como expõem o que pensa... é absolutamente arrebatadora...!!! <BR><BR>Parabéns! <BR><BR>Soube que esteve no Porto há uns tempos atrás... quando volta? :) <BR>O Porto precisa de pessoas como a Vera... <BR><BR>Beijinhos e uma vez mais muitos parabéns ! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Geminiana</A>
De sniqper a 20 de Novembro de 2007 às 10:53
Cara Amiga,
A preguiça humana é a real causadora dessa procura das respostas fáceis, simplesmente porque dá imenso trabalho analisarmos e tentarmos conhecer o nosso Eu, é bem mais simples ignorar e continuar a culpar o mundo do que nos acontece ou então tentar encontrar soluções fáceis.
Na realidade e pelo pouco que sei da matéria, as virginianas são seres com uma enorme capacidade de dar, de ajudar e por isso mesmo por vezes deixam de ter a capacidade de análise de que não é razoável ajudar quem por preguiça nada quer fazer para melhorar a sua vida.
Quanto à compaixão será que ela tem razão de existir? Por um lado direi que sim, porque é um sentimento que não conseguimos evitar, tantas são as imagens desta sociedade que nos provocam dor, que nos atingem, que na maioria das vezes pela nossa impotência de podermos fazer algo a compaixão acalma essa dor. Por outro lado ainda tenho esperança que esse sentimento deixe de fazer parte da humanidade. Bastando para isso que o ser humano, trabalhe o corpo e a mente para o caminho da paz pessoal, criando assim uma paz universal.
Termino com uma frase que todos os dias faz parte da minha vida, tento trabalhar a minha mente para estar bem, porque quando tal não acontece o meu corpo grita.
Que bom seria se o mundo estivesse na harmonia do silêncio da paz.
De Marta a 26 de Novembro de 2007 às 16:42
Olá Vera!
Sou mais uma curiosa assídua do seu trabalho principalmente na "Astrologia" do Sapo e muito recentemente do seu blog, confesso! Mas, pelo pouco que já vi, penso que muito rapidamente me tornarei mais uma assídua leitora deste ;)
Parabéns pelo seu trabalho e pelas suas palavras e conselhos, no meu caso, sempre "certeiros"!
Quero perguntar-lhe pela palestra que vai haver amanhã do Ajahn Sumedho: preço de entrada?
Obrigada e os melhores cuprimentos!
Marta
De esferafeminina a 28 de Novembro de 2007 às 13:43
Sorry Marta, não vi a tempo a sua pergunta...
É sempre de borla. Estes Monges sós aceitam donativos, nao pedem nada em troca dos seus ensinamentos, e ainda oferecem livros!
Ainda pode ir à palestra da fundação Oriente. Eu tenho pena mas ñ vou poder ir...
A palestra de ontem foi linda e mt profunda, portanto a próxima será tb . É sempre!

Comentar post

Quem sou eu

Desde sempre procurei respostas para as discrepâncias sociais e outras, existentes no mundo. Ainda continuo à procura, apesar de já ter uma vaguíssima ideia do que pode estar por detrás das aparentes desigualdades. Os Deuses não são injustos, o Universo tem uma Ordem que está para além do nosso entendimento. Tudo tem um sentido Maior. Os Deuses esperam-nos.

Acerca de mim

Vera Xavier
Taróloga desde 2002, trabalha como Terapeuta de Desenvolvimento Pessoal, Reiki, Cura Quântica e Leitura da Alma. Ministra cursos de Meditação, Tarot e Reiki Magnificado.

Consultas & Cursos

Consultas de Tarot e Desenvolvimento Pessoal
Terapias de Reiki e Cura Quântica
Cursos de Reiki Magnificado e de Meditação (mensais) Rua Tomás Ribeiro, 45 - 7º, esquina com A. Fontes Pereira de Melo, Lumiar, Lisboa geral@veraxavier.pt Telefones: 931168496 www.veraxavier.com Vera Xavier

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blogue

 

Agenda de Cursos e outros Eventos

* Curso de Tarot (Lisboa)- 25 de setembro

* Curso de Tarot (Porto) - 27 de outubro

* Reiki Magnificado - 10 de novembro

* Reiki Magnificado II - Data a anunciar

* Workshop de Meditação 3 de novembro

Telm 931168496

veraxavier@veraxavier.com

Terapeutas Amigos

Cândida Loureiro - Terapia Quântica - SCIO
Contacto: 962 460 200

* São Figueiredo - Mestre de Reiki e Cura Quântica, Limpezas Energéticas e Alinhamento de Chakras, Telef: 919192918

Recomendo: Cursos

Nova Acropole
Curso de Filosofia do Oriente ao Ocidente A Sabedoria Viva das Antigas Civilizações, em www.nova-acropole.pt

´ Centro Lusitano
O esoterismo de Fernando Pessoa
www.centrolusitano.org

Arquivos do blogue

Março 2015

Setembro 2012

Agosto 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

blogs SAPO

subscrever feeds